5 Formas simples para prevenir um Resfriado

Apesar de terem sintomas muito parecidos (e muito, muito irritantes), a gripe e o resfriado são doenças diferentes. A gripe afeta mais a parte inferior do sistema respiratório, causando tosse e dor de garganta, enquanto o resfriado ataca mais a parte superior, provocando coriza e nariz entupido.  No entanto, ambas podem causar febre e dores musculares. Além disso, ambas são causadas por vírus, o que significa que tudo que você pode fazer é combater os sintomas e esperar que o seu sistema imunológico elimine os organismos invasores. 
A boa notícia é que, tomando alguns cuidados básicos, você pode impedir que essa invasão ocorra. Aqui, nós listamos cinco deles para você:

1 - Lave as mãos 
Quantas vezes por dia você toca o seu rosto? É difícil encontrar estatísticas exatas, mas estudos apontam que esse número pode variar de 15 a 180 vezes por hora – de qualquer forma, são MUITAS vezes. E, cada vez que isso ocorre, você pode estar transferindo vírus e bactérias do mundo exterior para as suas mucosas e vias respiratórias.  Estes micro-organismos estão em maçanetas, corrimões, nas mãos de outras pessoas. Por isso, lave as mãos com frequência e leve um frasco de álcool gel na bolsa ou no carro.

2 - Lave as narinas
O hábito de higienizar as narinas e os seios da face pode ajudar bastante na prevenção de gripes, resfriados e alergias respiratórias. É uma prática antiga, conhecida pelos praticantes de Yoga mundo afora há milhares de anos. Usando apenas um pote de cerâmica ou vidro – o Lota, água morna e sal, você remove o excesso de muco nasal e, com ele, vírus, bactérias e alergênicos. Uma mucosa hidratada também é uma mucosa menos suscetível ao ataque de micro-organismos nocivos e aos efeitos da poluição e do ar seco.  Confira como usar o Lota no nosso vídeo.

3 – Tome um ar fresco
No inverno, nada melhor do que escapar do frio em um ambiente fechado, de preferência quentinho, certo? Bom, mais ou menos. A concentração de pessoas em lugares isolados do exterior – de ônibus a shopping centers – facilita muito a disseminação de vírus e bactérias.  Além disso, os sistemas de calefação e ar-condicionado desses ambientes não permitem que os organismos se dissipem, já que o mesmo ar fica sendo reciclado várias e várias vezes. Tente sair para dar uma caminhada e fugir de aglomerações. Além de tudo, o exercício aumenta a sua atividade celular e fortalece o sistema imunológico!

4 - Relaxe
Quem nunca trabalhou demais, ou passou por um período de stress intenso, só para ficar doente logo em seguida, quando finalmente chegou a hora de descansar? Provavelmente, isso não teria acontecido se o seu sistema imunológico não tivesse sido sobrecarregado durante o período de tensão. Faça pausas periódicas no seu dia. Ouça música, leia um livro, medite, faça terapia, faça exercício. Qualquer que seja a sua ideia de relaxamento, coloque-a em prática sempre que possível. O seu corpo agradece.

5 – Durma bem
Falar é fácil. A grande maioria das pessoas sofre de algum distúrbio do sono (os mais comuns são a apneia e a insônia, mas há uma infinidade de outros problemas). Uma noite mal dormida resulta em um dia de cansaço e irritação, com um sistema imunológico abalado e um organismo suscetível a infecções. E não existe milagre para melhorar a qualidade do seu sono. A maioria dos médicos recomenda fazer exercícios, uma dieta leve e evitar a TV, tablets e smartphones pelo menos uma hora antes de dormir. Também existe uma relação comprovada entre a obesidade e a apneia do sono (quando a pessoa para de respirar momentaneamente enquanto dorme). E o Lota também pode ajudar: ao fazer a higiene nasal diariamente, você limpa as vias aéreas e respira melhor durante a noite.

Se mesmo assim o resfriado ou a gripe vierem, o jeito é ter paciência, tomar muita água e, é claro, continuar usando o seu Lota!